(011) 3453-5484 contato@academiawang.com.br
WhatsApp (11) 94129-9802

Humanização do parto e a fisiologia sob uma nova ótica.
Rose Gonçalves

A beleza e a naturalidade da mulher na geração da vida.

Segunda, 15 de julho de 2019


Estudar os princípios da Medicina Tradicional Chinesa - MTC - propiciou a rica oportunidade de ampliar minha consciência e competência para lidar com a saúde das mulheres e bebês que atendo enquanto Enfermeira Obstétrica.
Conhecer a fisiologia do corpo humano sob uma ótica diferente da que me foi apresentada ao longo da minha formação acadêmica têm transformado a minha prática profissional.
Durante o acompanhamento da mulher na gestação, parto, pós parto e também do bebê na primeira fase da vida extra-uterina.
Tenho utilizado a acupuntura como estratégia de cuidado para auxiliar no posicionamento do feto,, no estímulo para o início do trabalho de parto, nutrição e equilíbrio no pós-parto. Sempre precedidos da avaliação sistêmica pelo pulso, língua e dos relatos/queixas da mulher.
Quanto aos efeitos da passagem do bebê pelo canal de parto , acredito que esta intensa/vigorosa massagem sobre a superfície do seu corpo implica em ativação dos canais/meridianos colocando esse bebê apto para melhor adaptar-se no ambiente externo.
Os princípios da humanização do parto e nascimento baseiam-se no respeito a fisiologia, na privacidade, no silêncio, na monitoração da vitalidade fetal e materna, entre outras práticas. Conhecer novas abordagens para cuidar da mulher, do bebê e dos seus pares neste momento das suas vidas torna-se imprescindível e a MTC tem muito a oferecer.

Rose Gonçalves
Parteira Profissional, Acupunturista e Docente do Curso de Obstetrícia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades / São Paulo (USP Leste).

voltar